Blog ECOS

Como o brainstorming contribui para o processo de criação


18-01-2021


Como o brainstorming contribui para o processo de criação

Quem nunca ouviu que “duas cabeças pensam melhor do que uma”? O brainstorming é um técnica para estimular o surgimento de soluções criativas que parte desse princípio: compartilhar ideias é a forma mais efetiva de se chegar a bons resultados. 

A tempestade de ideias - ou toró de palpites, por que não? - tem como objetivo gerar insights para a resolução de problemas e deve fazer parte da rotina de qualquer empresa que queira tomar boas decisões e manter-se competitiva no mercado. 

Neste artigo, vamos falar sobre como o brainstorming pode contribuir para o processo criativo e te ajudar a inovar! Fique com a gente e descubra!


O que é brainstorming?

O brainstorming é uma técnica que visa o compartilhamento espontâneo de ideias, geralmente em uma reunião com um grande número de participantes de diversas áreas de atuação. 

O propósito da reunião é justamente esse: focar na quantidade de “palpites”, no maior número possível de perspectivas diferentes. A pluralidade é o pilar da metodologia. 

Outro aspecto importante é a ausência de julgamentos e críticas. Mesmo aquelas ideias que pareçam inviáveis ou malucas devem ser consideradas e registradas. Afinal, elas podem ser o ponto de partida para a construção de pensamentos mais elaborados e adequados. 

No dia a dia de uma agência de publicidade, os brainstormings acontecem a todo momento, mas principalmente após a chegada do briefing do cliente, com o intuito de resolver o problema em questão - seja uma grande campanha publicitária ou o planejamento dos conteúdos para as redes sociais. 


Como o brainstorming pode contribuir para o aumento da criatividade?

A criatividade não é um dom ou uma habilidade restrita a apenas alguns sortudos e “gênios”. A criatividade nada mais é do que uma ferramenta para a solução de problemas

Por isso, é imprescindível contar com estratégias que estimulem o pensamento livre, sem medo de errar. O brainstorming é justamente isso: um momento para que todos possam expressar suas visões e encontrar caminhos alternativos para aquilo que está sendo discutido. 

No brainstorming, até mesmo as ideias mais absurdas são levadas em conta e, ao fim da reunião, é elaborado um filtro para eleger aquelas que se mostram mais adequadas para lidar com o objetivo. Afinal, de acordo com a teoria do pensamento criativo, a melhor forma de se chegar a uma ideia brilhante é ter muitas ideias!

Outras vantagens da metodologia de brainstorming envolvem o aumento da produtividade, a valorização do trabalho em equipe e a melhoria da comunicação interna. Isso porque ela promove uma interação constante entre os colaboradores e considera todos os insights, fazendo com que cada funcionário se sinta parte das decisões que podem mudar o rumo do negócio. Tudo isso contribui para um ambiente de trabalho mais favorável


Regras para um brainstorming efetivo

Pode parecer que não, mas existem algumas regras a serem seguidas para que você realize um bom brainstorming. Confira:


Foco na quantidade, não na qualidade

Essa é hora para despejar suas ideias sem se preocupar se elas são boas ou não. Não se prenda à primeira ideia. Se permita (e permita aos outros) dar sugestões e palpites ruins, contanto que sejam muitos. 

Ao final, será feito um filtro para selecionar as melhores - então, durante o processo, deixe a imaginação fluir


Evite críticas 

Não se censure para dar ideias ruins e não faça comentários negativos sobre as ideias dos seus colegas. Como dissemos, o brainstorming deve ser um momento livre de julgamentos. Toda sugestão é bem-vinda. 


Combine as ideias mais relevantes 

Uma ideia combinada a outra gera uma terceira ideia! Faça esse processo diversas vezes até que se chegue a soluções relevantes para o problema em questão.

Não fique preso às ideias iniciais. Permita-se “costurar” ideias para obter um resultado final surpreendente, que não existiria se não fosse essa troca. 


Encontre formas de colocar as ideias em prática

De nada adianta reunir um grande número de possíveis soluções se não houver meios de colocá-las em prática - o propósito do brainstorming é resolver problemas!

Depois de coletar todas as sugestões, discuta com a equipe como podem colocá-las em prática. Certamente irão descobrir, juntos,  formas criativas e inovadoras de fazê-lo!

 

Neste artigo, explicamos como o brainstorming funciona e como ele pode ajudar a sua empresa a encontrar soluções mais criativas para os desafios que se apresentarem. 

Esperamos que você tenha bons insights e que faça sua marca ecoar cada vez mais alto! 

 

Para outros conteúdos como esse e muito mais sobre publicidade, comunicação e marketing, fique de olho em nossas redes sociais!

www.instagram.com/agencia_ecoswww.facebook.com/agenciaecos |    www.linkedin.com/company/agenciaecos


Compartilhe essa Postagem!

FACEBOOK COMMENTS WILL BE SHOWN ONLY WHEN YOUR SITE IS ONLINE

Pesquisar
Últimas Postagens