Blog ECOS

O que é Growth Hacking e como aplicá-lo em suas estratégias de Marketing de Conteúdo


23-02-2021


O que é Growth Hacking e como aplicá-lo em suas estratégias de Marketing de Conteúdo

Não há dúvidas de que um dos maiores objetivos de uma empresa é alcançar e potencializar seu desenvolvimento, atingindo cada vez mais consumidores e obtendo lucros crescentes. 

O Growth Hacking tem se despontado no mercado como uma metodologia eficiente para otimizar os investimentos em marketing e para aprimorar as estratégias de negócio de muitas companhias, especialmente aquelas que estão iniciando suas operações. 

Esse método, que pode ser traduzido como “marketing orientado a experimentos”, tem como função delinear estratégias precisas, visando o crescimento significativo e rápido de um negócio, sempre com o menor custo possível.

Neste artigo, falaremos sobre como o Growth Hacking se relaciona com as abordagens do Inbound Marketing e, mais especificamente, ao Marketing de Conteúdo - e como ambos são capazes de aumentar a atração e conversão de leads para sua empresa. Continue a leitura e descubra!


O que é Growth Hacking?

O termo Growth Hacking foi criado em 2010 por Sean Ellis e se refere a um conjunto de técnicas de marketing (tradicional e digital) que levam à descoberta de hacks que aceleram o crescimento do negócio. 

Trata-se de encontrar oportunidades, “passagens” para o desenvolvimento da empresa. Com tais questões em mente, é possível delinear estratégias efetivas para se chegar nos resultados desejados. 

O ponto central dessa metodologia é o estabelecimento de KPIs (Indicadores-chave de desempenho) relevantes para o negócio, traçando objetivos claros e monitorando-os constantemente. 

Dessa forma, pode-se dizer que o foco do Growth Hacking está nas métricas e nas análises dos dados obtidos nos mais diversos processos, que geralmente envolvem testes e experimentações. 


Como Growth Hacking e Marketing de Conteúdo se relacionam?

A lógica do Growth Hacking é bastante simples e segue alguns passos importantes:

  • Concentrar esforços e recursos no principal ponto crítico/alavanca da empresa;

  • Traçar melhorias para essa questão e priorizar as melhores ideias, que tenham baixo custo e alto impacto;

  • Descobrir a maneira mais simples de testar a nova ideia e aplicá-la;

  • Monitorar os resultados e aprender com os sucessos e insucessos dos testes;

  • Utilizar o aprendizado obtido para realizar novos testes, que irão potencializar ainda mais o crescimento da empresa. 


Apesar de parecer uma metodologia estrita, a sequência mostrada acima deve ser apenas um norte para guiar as ações da empresa. Não há uma receita de bolo e cada negócio deve adequar as estratégias à sua realidade. 

A mesma lógica é aplicável para o Marketing de Conteúdo: mais do que apenas criar posts para redes sociais e artigos para blog, é preciso ter um objetivo claro e relevante em mente - e estabelecer métricas (KPIs) para analisar se os resultados alcançados estão dentro do esperado. 

Então, podemos dizer que o Growth Hacking no Marketing de Conteúdo é mais que uma fórmula pronta: é um modo de se pensar, criar, divulgar e analisar o conteúdo, sempre priorizando o crescimento e a escalabilidade. 


Principais conceitos do Growth Hacking para adotar em sua estratégia de produção de conteúdo 

Dentre as premissas básicas do Growth Hacking estão a identificação de pontos críticos, a realização de testes e o foco nos objetivos da organização. 

Ainda que essa metodologia esteja bastante associada a startups, empresas pequenas com grande potencial de crescimento, qualquer modelo de negócio pode se beneficiar de seus conceitos. 

O Growth Hacking deve ser aplicado não para transformar o modo de atuação da sua empresa, mas para oferecer um upgrade ao modelo já implementado. Trata-se de potencializar os pontos fortes da sua comunicação e usá-los a favor do seu crescimento.

Algumas das estratégias a serem adotadas no seu Content Hacking (Growth Hacking aplicado ao Marketing de Conteúdo) são:

  • Realizar um levantamento dos conteúdos que performam melhor nas redes sociais e nos blogs corporativos;

  • Calcular, com cálculos exatos, a probabilidade de o padrão identificado funcionar bem para sua empresa;

  • Transformar dados em informação útil, traduzindo-os para a linguagem que a persona aprecia;

  • Criar testes e colocar as hipóteses à prova, monitorando os resultados e repetindo a experiência periodicamente. 


Neste artigo, falamos sobre como a metodologia de Growth Hacking pode auxiliar na estratégia de comunicação de sua empresa, realizando pequenas mudanças na forma de operação para conquistar grandes resultados no seu crescimento. 


Se você gostou do nosso conteúdo, compartilhe com outras pessoas que possam se beneficiar e assim transformar o mercado de maneira positiva.

Para outros conteúdos como esse e muito mais sobre publicidade, comunicação e marketing, fique de olho em nossas redes sociais!


www.instagram.com/agencia_ecos | www.facebook.com/agenciaecos | www.linkedin.com/company/agenciaecos


Compartilhe essa Postagem!

FACEBOOK COMMENTS WILL BE SHOWN ONLY WHEN YOUR SITE IS ONLINE

Pesquisar
Últimas Postagens






































Chamar no
Whatsapp